segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

[Curiosidade] Nova Ordem Mundial


A Nova Ordem Mundial (NOM) é uma teoria conspiratória, na qual um grupo poderoso e secreto está planejando dominar e escravizar o mundo através de um governo mundial único. A Nova Ordem Mundial seria um plano com o objetivo de derrubar governos de todo o mundo, bem como erradicar em todo o mundo todas as religiões e crenças, para unificar a humanidade sob uma “nova ordem”, que seria baseada em uma ideologia extremamente uniforme, uma moeda única e uma religião universal.

Nesta teoria, ocorrências significativas são ditas que são causadas por um grupo extremamente poderoso e secreto ou de vários grupos interligados. Acontecimentos históricos e atuais são vistos como passos de um curso planejado para governar o mundo principalmente através de uma combinação de políticas financeiras, corrupção política, engenharia social, controle mental, e o medo à base da propaganda (cultura do medo).
Os estudiosos da Nova Ordem Mundial asseguram que ela é a criação de um Governo Mundial totalitário, baseado em falsas reivindicações de ambientalismo, igualitarismo e humanismo. Esta Nova Ordem Mundial criará um governo criptocrático, ou seja, um governo em que os seus cidadãos não sabem quem são os seus verdadeiros líderes ou tem pouquíssimo acesso a eles.

Determinadas sociedades secretas desejam criar uma Nova Ordem Mundial. A criação do Governo Mundial está em fase adiantada por uma obscura elite. Neste seleto clube apenas pessoas muito influentes tem acesso. São reis, líderes mundiais, megaempresários e megainvestidores que têm o objetivo de facilitar o controle de seus impérios através de um governo único. Os críticos alertam que o Governo Mundial não será criado para melhorar a vida das pessoas, ao contrário, uma poderosa elite criará um governo totalitário global. Nesta ditadura você não poderá fugir de barco (a não ser que tenha uma nave espacial ou contato com seres de outros planetas). Numa ditadura global não existirá um Muro de Berlim, mas diversos muros que restringirão a sua mobilidade, enquanto a propaganda oficial dirá que as barreiras entre os povos foram vencidas.

Os poderosos usarão todo o seu poder para atingir seu principal objetivo, a Nova Ordem Mundial. Eles aumentarão as distrações da população para encobrir o propósito de criar um governo único. A criação do Governo Mundial demanda a ampliação da política do pão e circo e do aumento do controle governamental na vida das pessoas comuns. Este controle praticamente eliminará a liberdade individual, realizada através de aparelhos de repressão, controle excessivo do governo e fiscalização ininterrupta. Este controle populacional será realizado de diversas formas: na parte do crescimento populacional destacam-se o incentivo ao aborto, a repressão do governo às famílias que tiverem mais de um filho e o planejamento familiar. O controle de dissidentes será realizado em nome de soluções que a maioria das pessoas concorda quem devem ser erradicadas (terrorismo, crimes ambientais, segurança pública, etc.), mas o combate a estes temas será realizado principalmente para silenciar os opositores do Governo Mundial.


_____________
Fontes:
http://2012aeradeouro.webnode.com.br/products/nova-ordem-mundial/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nova_Ordem_Mundial_(teoria_conspirat%C3%B3ria)

sábado, 24 de novembro de 2012

[Informática] O mais antigo computador digital foi colocado em funcionamento



O primeiro computador digital do mundo foi colocado novamente em funcionamento (20/11/2012), no Reino Unido. Batizado como Harwell, a máquina não lembra em nada nossos computadores atuais. Com o peso de 2,5 toneladas, o gigante começou a ser construído em 1949 para ser utilizado no programa britânico de Pesquisa de Energia Atômica.

O objetivo era facilitar o trabalho dos cientistas, realizando operações que até então eram feitas em máquinas de calcular mecânicas. A princípio, o processo era lento: uma simples multiplicação entre dois números podia demorar dez segundos para ser feita. Mesmo assim, a máquina se tornou uma peça indispensável, e chegou a ser utilizada 80 horas por semana.

Em 1957, quando foi superado por computadores mais eficientes, Harwell foi transferido para a Universidade de Wolverhampton (Inglaterra), onde foi rebatizado Wolverhampton Instrument for Teaching Computing from Harwell (WITCH). Na instituição, foi utilizado para ensinar os primeiros estudantes de informática a programar.

Depois disso, a máquina ficou exposta no Museu de Ciência e Indústria de Birmingham, que fechou suas portas em 1997. A partir daí, o destino do primeiro computador digital do mundo se tornou incerto. Com o fechamento do museu, ele foi desmontado e suas peças foram levadas para um armazém municipal.

Kevin Murrell, membro do conselho de administração do Museu Nacional do Computador, encontrou as peças históricas e começou a restaurar a máquina com o auxílio de outros pesquisadores. Após um trabalho de três anos, o computador finalmente voltou à vida. Agora ele ficará em exposto no Museu Nacional do Computador em Buckinghamshire (centro da Inglaterra). 


(Fonte: Gizmodo)


[Curiosidade] Teorias da conspiração em desenhos animados



Os Rugrats nunca existiram

Sabe aqueles bebês fofinhos que engatinham e vivem aventuras no desenho Rugrats? Bem, talvez o que você tenha assistido, até hoje, seja uma história muito triste e repleta de traumas. De acordo com uma teoria que circula pela internet, nenhuma daquelas crianças existe. Todas são frutos da imaginação de Angélica, originados da falta de atenção que recebe dos pais.



Bob Esponja é mutante

Bob Esponja e todos os seus amigos são o resultado de testes com bombas radioativas realizados durante as décadas de 40 e 50, no Atol de Biquíni. Isso explicaria, por exemplo, por que eles vivem na Fenda do Biquíni.



Aladim se passa no futuro

Há uma cena no desenho da Disney em que o gênio critica as roupas de Aladim, dizendo que o plebeu se veste como alguém do século III. Entretanto, como sabemos pela história, o gênio esteve trancado na lâmpada por 10 mil anos e, portanto, ele não poderia saber como foi aquele período. A não ser, é claro, que o filme se passe no futuro, mais precisamente, no ano de 10.300 D.C.



São dois Inspetores Bugiganga

Por esta você não esperava! Já pensou em como o Dr. Garra tem poderes semelhantes ao do Inspetor Bugiganga? Pois existe uma explicação: um é clone do outro! Durante algum tempo, acreditou-se que o primeiro Inspetor Bugiganga havia morrido e, por isso, foi criado um segundo, que assumiu a mesma vida, a mesma sobrinha e o mesmo cachorro de antes.
Mas quando o Inspetor Bugiganga original “voltou da morte”, percebeu que não havia mais espaço para ele. Por isso, ele resolveu se vingar e prometeu destruir o homem que tomou o seu lugar, adotando a alcunha de Dr. Garra.



Superman e os ataques de 11 de setembro

As Aventuras de Superman mostra os ataques de 11 de setembro. O primeiro painel mostra uma construção semelhante às Torres Gêmeas destruídas parcialmente. Durante um arco da história que os estrangeiros envolvidos na  invasão de Metropolis, esta imagem foi pintada para mostrar a destruição que os ataques causados à infra-estrutura da cidade. A imagem neste painel não é realmente o ex  - famoso marco de Nova Iorque o WTC, mas a forma do edifício é, certamente, evocativa do evento trágico. Os danos às Torres Gêmeas reais pode ser visto.
O que é ainda mais surpreendente é que esta história em quadrinhos especial foi lançado em 12 de setembro de 2001, um dia depois dos atentados nos Estados Unidos. Os editores não podiam fazer nada sobre os horários e declarou que uma coincidência enorme.



Caverna do dragão

Inspirado no RPG Dungeons & Dragons (Masmorras e Dragões), o desenho animado Caverna do Dragão foi uma das séries televisivas infanto-juvenis mais populares dos anos 1980. Caverna do Dragão conta a história de seis amigos - Hank, Sheila, Eric, Presto, Diana e Bobby - que, ao passear de montanha-russa num parque de diversões, são transportados para um mundo mágico povoado por dragões e feiticeiros. Os seis passam a série inteira tentando voltar para casa. Na sua jornada, são ajudados pelo Mestre dos Magos, que aparece misteriosamente para lhes dar pistas do que fazer. Mas também têm de enfrentar vilões como o feiticeiro Vingador e seu lacaio, o Demônio das Sombras, além do dragão de cinco cabeças Tiamat.
A série foi descontinuada pela rede americana CBS em 1985, e a saga dos garotos nunca chegou ao final. Ou melhor, chegou. Circula pela Internet uma estranha versão do último episódio da série, nunca produzido, de tão bizarro que é. Os heróis descobrem que eles sofreram um acidente fatal na montanha-russa do parque de diversões. Estão todos mortos. E, pior, foram condenados a passar a eternidade no inferno. O dragão Tiamat não é vilão, mas um anjo enviado para contar aos garotos que eles jamais voltarão pra casa. O Vingador e o Mestre dos Magos são duas versões da mesma entidade: Lúcifer, que fazia a garotada condenada correr pra lá e pra cá apenas para se divertir. Tétrico, não? Mas os roteiristas da série desmentem tudo. Segundo eles, os garotos não morreram nem estão no inferno. Além disso, afirmam, o último episódio da série nunca foi escrito. Tudo não passa de uma lenda da Internet.

___________

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

[Filosofia] O Entendimento Humano


"Dizer que há verdades impressas na alma, que a alma não apercebe ou não entende, é, parece-me, uma espécie de contradição, pois a ação de imprimir não designa outra coisa senão fazer aperceber certas verdades. (...) Dizer que uma noção está gravada na alma e sustentar ao mesmo tempo que a alma não a a conhece e que não teve ainda nenhum conhecimento dela, é fazer desta impressão um puro nada. Não se pode de todo assegurar que uma certa proposição esteja no espírito , quando o espírito ainda não a apercebeu nem descobriu nenhuma ideia em si próprio. (...) E assim esta grande  questão reduzir-se-á unicamente a dizer que aqueles que falam de princípios inatos falam muito impropriamente; mas que no fundo eles creem na mesma coisa que os que negam que os haja; porque não penso que alguém tenha alguma vez negado que a alma fosse capaz de conhecer várias verdades. É esta capacidade, diz-se, que é inata; e é o conhecimento de tal ou tal verdade que se deve chamar adquirida. Mas se é isso tudo o que se pretende, para quê o entusiasmo em manter que há certas máximas inatas ? (...)

Admitamos, pois, que, na origem, a alma é como que uma tábua rasa, sem quaisquer caracteres, vazia de qualquer ideia. Como é que adquire ideias? Por que meio recebe essa imensa quantidade que a imaginação do homem, sempre ativa e ilimitada, lhe apresenta com uma variedade quase infinita? Aonde vai ela buscar todos esses materiais que fundamentam os seus raciocínios e os seus conhecimentos? Respondo com uma palavra: à experiência. É essa a base de todos os nossos conhecimentos e é nela que assenta a sua origem. As observações que fazemos no que se refere a objetos exteriores e sensíveis ou as que dizem respeito às operações interiores da nossa alma, que nós apercebemos e sobre as quais reflectimos, dão ao espírito os materiais dos seus pensamentos. São essas as duas fontes em que se baseiam todas as ideias que, de um ponto de vista natural, possuímos ou podemos vir a possuir.

E primeiramente, sendo os sentidos excitados por certos objetos exteriores, fazem entrar na alma várias percepções distintas das coisas, segundo as diversas maneiras por que estes objetos agem sobre os nossos sentidos. É assim que adquirimos as ideias que temos do branco, do amarelo, do quente, do frio, do duro, do mole, do doce, do amargo, e de tudo o que denominamos qualidades sensíveis. Direi que os nossos sentidos fazem entrar todas estas ideias na nossa alma, pelo que me parece que eles fazem entrar objetos exteriores na lama, o que produz nela estas espécies de percepções. E como esta grande fonte da maior parte das ideias que nós temos depende inteiramente dos sentidos e por meio deles se comunica ao entendimento, chamo-a sensação.

A outra fonte de que o entendimento vem a receber ideias  é a percepção das operações da nossa alma sobre as ideias que recebeu dos sentidos: operações que, tornando-se o objeto das reflexões da alma, produzem no entendimento uma outra espécie de ideias, que os objetos exteriores não poderiam ter-lhe fornecido : tais são as ideias do que chamamos aperceber, pensar, duvidar, crer, raciocinar, conhecer, querer e todas as diferentes ações da alma. (...) Chamarei a esta fonte [do nosso conhecimento] reflexão, porque por seu intermédio a alma não recebe senão as ideias que adquire refletindo sobre as suas próprias operações.

O entendimento não me parece ter absolutamente nenhuma ideia que lhe não venha de uma destas duas fontes (...), embora talvez combinadas e aumentadas pelo entendimento, com uma variedade infinita."

(John Locke in "Ensaio sobre o Entendimento Humano")

terça-feira, 20 de novembro de 2012

[Poema] A Ideia



De onde ela vem?! De que matéria bruta
Vem essa luz que sobre as nebulosas
Cai de incógnitas criptas misteriosas
Como as estalactites duma gruta?!

Vem da psicogenética e alta luta
Do feixe de moléculas nervosas,
Que, em desintegrações maravilhosas,
Delibera, e depois, quer e executa!

Vem do encéfalo absconso que a constringe,
Chega em seguida às cordas do laringe,
Tísica, tênue, mínima, raquítica...

Quebra a força centrípeta que a amarra,
Mas, de repente, e quase morta, esbarra
No molambo da língua paralítica!


(Augusto dos Anjos) 

[Informática] Momentos Históricos do Computador Pessoal


Criação coletiva, o computador pessoal é resultado de múltiplos experimentos e da junção de peças desenvolvidas por diferentes fabricantes. O primeiro nada mais era do que uma simples máquina de escrever com monitor. Hoje há exemplares minúsculos, capazes de realizar múltiplas tarefas em poucos segundos.


1970 - Alto

O primeiro protótipo de um computador pessoal da Xerox, o Alto, que nem chegou a ser vendido, era uma tela vertical de televisão acoplada a um teclado e a uma caixa, que guardava os programas. A tela mostrava ícones, acionados pelo mouse, criado em 1965.






1975 - Altair

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) coloca a venda o primeiro PC, o Altair. As peças vinham separadas e tinham que ser montadas pelo usuário. Assinado por Bill Gates e Paul Allen, que tinham 18 anos, o programa Basic permitia que o computador fosse operado.


1976 - Apple I

A gigante Apple nasce com três sócios – Steve Jobs, Stephen Wozniak e Ron Wayne – numa garagem californiana e cria um concorrente para o Altair, o Apple I. Ele já vinha montado, facilitando a vida do usuário.

1979 - Apple II

O Apple II trouxe uma novidade que revolucionou o mercado de computadores até então, despertando o interesse das grandes corporações. Era o VisiCalc, a mãe das planilhas de cálculos. O novo produto foi responsável por dobrar o valor da Apple como empresa em menos de um ano.

1981 - IBM-PC4

Por 1565 dólares e com 16 kB de memória, a IBM colou à venda seu primeiro PC. Saíram mais de 50 mil unidades em um ano. Neste ano surge o primeiro notebook. Lançado pela Osborne Computer, custava 1800 dólares e pesava 12 quilos.

1983 - Word para MS-DOS

A Microsoft de Bill Gates anuncia a versão 1.0 do editor de textos Word para o sistema operacional MS-DOS. Com o editor de textos simples, a informação poderia ser escrita e armazenada no micro. Foi uma revolução: quase todos os PCs da época, com exceção dos da Apple, possuíam o MS-DOS.


1984 - Internet

O escritor William Gibson cria o termo ciberespaço e teoriza no livro Neuromancer sobre o espaço virtual, que um dia seria desenvolvido e faria parte da vida de todas as pessoas. A internet, rede que liga computadores de todo o mundo, nasceu primeiro no papel para depois se tornar realidade.



1993 - Pentium I

A Intel cria o processador Pentium I, com 3,1 milhões de transistores e 100 mips (milhões de instruções por segundo). Com ele, os computadores ficaram até três vezes mais velozes e eram capazes de executar vários programas ao mesmo tempo.




1994 - Netscape

A princípio, a internet era usada apenas em universidades. A Netscape mudou isso quando lançou um programa de fácil navegação na rede: o usuário apenas digitava um endereço eletrônico para ir à página desejada. O programa também exigia comandos simples para enviar e receber e-mails.

1995 - Windows 95

Criado pela Microsoft, fundia os sistemas MS-DOS e Windows, transformando um simples programa num sistema operacional complexo. Vendeu mais de 1 milhão de cópias em quatro dias e se tornou o sistema básico dos PCs fabricados desde então.



[Fé] O Mestre da Vida


Jesus, o Mestre da Vida, nos deu lições inesquecíveis. Mostrou-nos que a vida é o maior espetáculo do mundo! A vida que pulsa na criatividade das crianças, na despedida dos amigos, no abraço apertado dos pais, na solidão de um doente, no choro dos que perdem seus seres amados...

Quando você estiver só no meio da multidão, quando errar, fracassar e ninguém o compreender, quando as lágrimas que nunca teve coragem de chorar escorrerem silenciosamente pelo seu rosto e você sentir que não tem mais forças para continuar sua jornada, não se desespere!

Pare! Faça uma pausa na sua vida! Não dispare o gatilho da agressividade e do auto-abandono. Enfrente seu medo! Faça do seu medo alimento para sua força. Destrave a sua inteligência, abra as janelas da sua mente, areje o seu espírito! Permita-se ser ensinado pelos outros, aprenda lições dos seus erros e dificuldades. 

Liberte-se do cárcere da emoção e dos pensamentos negativos. Jamais se psicoadapte à sua miséria!

Lembre-se do Mestre da Vida! Ele nos ensinou a sermos livres mesmo diante das turbulências, perdas e fracassos, mesmo sem haver nenhum motivo aparente para nos alegrarmos. Tenha a mais legítima de todas as ambições: ambicione ser feliz!

Lembre-se que Jesus Cristo, um ser humano igual a você, passou pelos mais dramáticos sofrimentos e superou com a mais alta dignidade. Seja apaixonado pela vida como ele foi. Lembre-se que por amar apaixonadamente a humanidade, ele teve o mais ambicioso plano da história.

Mantenha em mente que nesse plano, você é uma pessoa única, e não mais um número na multidão.

A vida que pulsa na sua alma torna você especial, inigualável, por mais dificuldades que atravesse, por mais conflitos que tenha. Portanto, erga seus olhos e contemple o horizonte! Enxergue o que ninguém consegue ver! Há um oásis no seu no fim do seu longo e escaldante deserto!

Saiba que as flores mais lindas sucedem aos invernos mais rigorosos. Tenha convicção de que nos momentos mais difíceis de sua vida você pode escrever os mais belos capítulos de sua história.
Nunca desista de você! Dê sempre uma chance a si mesmo!

Nunca desista dos outros! Ajude-os a corrigir as rotas de suas vidas. 
Mas, se não conseguir, poupe energia, proteja sua emoção e aguarde que eles queiram ser ajudados. Enquanto isso, aceite-os do jeito que são, ame-os com todos os defeitos que têm. Amar traz saúde para a emoção.

Jesus encantava as pessoas com suas palavras. As multidões ao ouvi-lo, renovavam suas forças e encontravam um novo sentido para suas vidas! Ele reacendeu a esperança de muitos... Compreendeu o que é ser homem e fez poemas sobre a vida, até sangrando... Brilhou onde não havia nenhum raio de sol

(Augusto Cury in "O Mestre da Vida")

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

[Poema] Lástima



Tendo em vista um longo processo da pena de morte,
Por uma vida dilacerada de extrema violência,
Fatal consequência de tão natural e justo aporte,
A desenvolver-se na mente total insanidade.
Os dias foram pesados e as noites inacabáveis,
De tantos ciclos assintóticos e irrevogáveis,
Permearam o ser do início da vida ao fim da morte.
Má sorte lançada em suas decisões equivocadas,
Decisões errôneas com parâmetros exacerbados,
Lamentos e alentos constantes previamente notados.
De um turbilhão de sentimentos deploráveis, 
Restaram apenas moldes de sangue coagulados,
Acumulados no âmago daquela fria alma,
Se pudesse voltar atrás talvez notaria, a calma...

(Luis Valério Prandel)

domingo, 4 de novembro de 2012

[Poema] Desejos


Desejo a vocês...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.


(Carlos Drummond de Andrade)

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

[Ficção] Umbrella Corporation


"Our Business is Life Itself" ("Nosso negócio é a própria vida.")
------------------------------------------------------------------------------------


Umbrella Corporation (também conhecida como Umbrella, Inc., Umbrella Pharmaceutical Inc. ou Umbrella Corp.) (アンブレラ・コーポレーション) é uma empresa criada pela Capcom para o universo da franquia Resident Evil. 

A empresa opera sob uma espécie de monopólio no mercado mundial, parecida com a in4tech. A Umbrella produz produtos farmacêuticos, armamentos, computadores e outras atividades clandestinas de pesquisa biológica.


A Umbrella foi fundada na década de 1960 por James Marcus, junto com o Lorde Ozwell E. Spencer, um descendente da família real inglesa, e Edward Ashford. No Japão é conhecida como Biohazard (perigo biológico).

Limberg Clayton Hanks descobre o Progenitor Virus (uma espécie de vírus RNA). Entre outros empreendimentos (vários ilícitos) a Umbrella trabalha com pesquisa e fabricação de armas, mas na legalidade ela trabalha como uma indústria farmacêutica.

James Marcus desenvolve o T-Vírus a partir do Progenitor Virus mais DNA de sanguessuga.


O T-Vírus é um vírus de RNA e DNA conjunto com 13 substâncias protéticas adicionadas no código genético do Progenitor Virus. É capaz de converter mais 80 substâncias das cadeias genéticas dos infectados. Isso garante:
- Resistência ou tolerância à dor
- Prolongamento da expectativa de vida
- Funcionamento das partes vitais do cérebro (Locomoção, - -- visibilidade e diferenciação de objetos móveis e vivos, necessidade de alimento igual a própria substância constituinte)

Criado pela poderosa Umbrella Corporation, ele mata as pessoas entre 2 a 4 horas depois de seu contato (que se pode dar através do ar, pela mordida ou arranhão de um infectado). O T-Vírus mata a pessoa, ou caso ela já esteja morta, ela regenera todas as células do corpo, reanimando o cadáver, mas apenas uma parte do sistema nervoso é reativado, a de se alimentar, tornando as pessoas infectadas canibais, podendo comer seus próprios parentes ou amigos.
Sendo injetada em doses controladas, pode regenerar células sem que mate a vítima curando deficiencias, até mesmo feridas, como Birkin, que havia levado uma saraivada de balas, injeta em si mesmo o G-Virus (A versão aperfeiçoada do T-virus por William Birkin) a fim de continuar vivo, funciona, mas devido a dose letal e sendo injetada direto no sangue, se transforma num monstro. Em grande quantidade no hospedeiro é capaz de modificar outras substâncias do material genético e fazer com que as células se multipliquem em formas mutantes.

Para manter a segurança de seus investimentos a Umbrella suborna autoridades e financia a candidatura de políticos favoráveis para assim protegê-los.

Drugs, Inc. era uma empresa fantasma usada como fachada para a investigação ilegal pela Umbrella Corp. Vendeu drogas derivadas do T-virus ao antigo hospital da floresta, o Arklay Hospital.


Regenerate é um cosmético produzido pela SETi Business Corporation, capaz de reverter o processos do tempo, da idade, do estresse e do sol. É uma revolução que age na forma das células, retirando da pele as células mortas voltando assim à juventude e à vida. Pelo menos era isso que a Umbrella gostaria de passar aos seus usuários, mas já era tarde. Na composição do Regenerate estava o T-virus. o T-virus é ativo após a morte de seus usuários, reanimando seus corpos, que ficam vagando sem rumo a procura de alimento (carne humana ou animal). O T-virus é contraído quanto ao uso do regenerate, ou sob um ferimento feito por um usuario do regenerate.



A economia de Raccoon City é promovida pela Umbrella Corporation. A empresa financiou a maioria dos projetos na cidade, na qual a mesma fica com uma imagem positiva em relação aos moradores de Raccoon City. Embora 70% dos cidadãos são empregados pela empresa, uma parte não sabe que a mesma realiza atividades clandestinas. É dito que a população de Raccoon City era mais de 100,000 de habitantes. 
Raccoon City foi governada pelo prefeito Michael Warren, que permaneceu no cargo durante 11 anos. Warren estava responsável pela instalação de um novo sistema elétrico na cidade. Em sua nova campanha de modernizar a cidade, ele fez uma parceria com a Umbrella Corporation, que realizou alguns projetos de Warren, como serviços e utilidades públicas e a execução de algumas leis. A campanha era conhecida como " Um Novo Século XXI Para Raccoon City, financidada pela Umbrella Corporation. Por causa da campanha, a cidade se transformou gradualmente numa espécie de comunidade rural para uma cidade industrializada. 
Entretanto, a expansão da cidade e a modernidade foram acompanhadas com altas taxas de criminalidades e até mesmo atividades terroristas. O R.P.D. estabeleceu os S.T.A.R.S em 1996 para diminuir a onda de crime. Devido a ajuda da Umbrella Corporation na campanha de Warren, a empresa se tornou parte do dia-a-dia das pessoas, sendo que parte delas trabalham para a organização. Tempos depois, uma série de homicídios canibais apareceram aos arredores da cidade no começo de maio, em 1998, e seguindo nos meses seguintes. As vítimas, apareciam com sérios hematomas e aparentemente espancadas até a morte por cachorros e parcialmente comidas por humanos. 
Em julho de 1998, os S.T.A.R.S. foram parar na mansão de Spencer, em Arklay Montains, depois de terem sido atacados por cachorros após fazerem uma busca pelo Bravo Team, que estavam tentando achar as fontes de tais assassinatos. Nisso, eles acabam descobrindo que o lugar disfarçava um laboratório pertencente a Umbrella Corporation, e que o lugar estava infestado de seres que ja foram humanos e outras abominações, resultante do acidente causado pelo T-vírus. Nisso, meses depois, um acidente nos esgotos de Raccoon City acaba libertando o T-vírus e um novo vírus com as mesmas características, porém com maior capacidade mutativa, o G-Virus, porém o G-vírus é consumido pelo seu criador William Birkin antes de se espalhar. Portanto o T-vírus escapa por toda Raccoon City, transformando seus habitantes em zumbis canibais e deixando apenas alguns sobreviventes, tentando achar um modo de sair da cidade com vida. 
Raccoon City foi destruída por um míssel nuclear, como medida do gorverno norte-americano para conter a epidemia e com o (suposto) objetivo de conter o avanço do vírus, que já ameaçava invadir todo os Estados Unidos. 


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

[Poema] Lux




Lux at non tamen tropica lux fervida
quam mox denuntiat arboretum roscidum
in eam erigendo ramos avidos;

aut illa quae lux penetrans et rutila
cum transit per crystallum reddit fulgida laudata a Creatore prima lumina;

nec illa vero lux quarn mavult intuens
is cui aut caeli color est spectaculum
aut guri fulgor aut regalis purpurae;

haud tandem lux qua pulchri fiunt oculi
amore lucidi, oculi sirenii, in gurgite refluentes claro vortice,

sed altioris temporis lux alia
quae tantum per imaginem ostenditur
vetere e mundo novas movit animas
novae regionis huius ad indagines.


(José Lourenço de Oliveira, in Mons Vivus

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

[Poema] O verbo no infinito



Ser criado, gerar-se, transformar
O amor em carne e a carne em amor; nascer
Respirar, e chorar, e adormecer
E se nutrir para poder chorar

Para poder nutrir-se; e despertar 
Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir
E começar a amar e então sorrir
E então sorrir para poder chorar.

E crescer, e saber, e ser, e haver
E perder, e sofrer, e ter horror
De ser e amar, e se sentir maldito

E esquecer de tudo ao vir um novo amor
E viver esse amor até morrer
E ir conjugar o verbo no infinito...


(Vinicius de Moraes)

terça-feira, 2 de outubro de 2012

[Filosofia / Psicologia] Liberdade de poder-ser do humano



Desde que nasce o ser é livre e responsável por seu destino. Diante de diversas possibilidades que vêem ao humano, a cada humano somente uma possibilidade realiza o seu ser. O que torna cada ser-humano insubstituível é justamente o fato de que a vida apresenta-se como sendo irrepetível e que há um caráter único na existência de cada ser. O existir humano corresponde a poder-ser, a um ser livre e responsável e à realização de um destino, este não apenas pode ser comparado a um chão sobre o qual o ser pisa, mas um meio de alcançar a liberdade diante da existência.

Em termos de comunidade ou de agrupamentos de massa. O que se deve ter em mente é que não se vive sem um grupo em que se possa amparar, pois a constituição da existência humana depende daquilo que se estabelece em termos coletivos. Mas há muitos momentos em que estar aderido completamente a uma massa de sujeitos faz com que o ser se esqueça de sua responsabilidade diante de sua liberdade. Como ser moral, o humano entre em embate com algo que lhe é determinado, no caso o que a massa determina. A liberdade se realiza mediante um destino que é único e irrepetível para cada humano, não quer dizer que os seres-humanos são superiores, os únicos, melhores e maiores, mas que cada um realiza seu de destino como algo que lhe é único. O passado já foi consumado, mas o sujeito pode reformular sua vida buscando dar sentido ao que já ocorreu ou cair na fatalidade. 

Mesmo diante da finitude, do fim de toda e qualquer existência e da proximidade da dita hora “H”, cada sujeito pode encontrar um sentido para seu existir e viver. Como é dito, a morte é o que atribui sentido à existência de cada indivíduo. As pessoas fogem de um caminho a que todos estão sujeitos, se rebela, entra em conflito e não aceitam o fim e a sua chegada, mas esquecem que sua vida é única e que cada momento da vida, cada sentido e cada existir não se repetem. O ser é ser-responsável, pois justamente estar diante da liberdade. Não há uma continuidade de sentido com a herança genética, pois o sentido é de cada pessoa, de cada situação e de cada momento. O sentido que um sujeito encontra ao cumprir determinado destino lhe único, insubstituível e termina com a morte desse mesmo sentido. Não se pode dizer que haja uma continuidade de sentido, pois aquilo que um descendente realiza um destino que lhe é próprio e não é o mesmo do antecessor de cada pessoa. Há uma crença de que o destino escapa à compreensão e ao domínio do homem. Na verdade, não há liberdade sem destino e destino sem liberdade. Os dois estão muito próximos, estando interligados.

(Viktor Frankl)

[Língua Portuguesa] A verdadeira versão dos ditos populares


Dito popular 1: ‘Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro’
“Minha grande dúvida na infância… Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???”
O correto é: ‘Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro’

Dito popular 2: ‘Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.’
Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?”
O correto é: ‘ Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.’

Dito popular 3: ’Cor de burro quando foge.’
“Esse foi o pior de todos! Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor???” Eu queria porque queria ver um burro fugindo para ver a cor dele! Sério!
O correto é: ‘Corro de burro quando foge!’

Dito popular 4: Outro que no popular todo mundo erra: ‘Quem tem boca vai a Roma.’
“Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!”
O correto é: ‘Quem tem boca vaia Roma.’ (isso mesmo, do verbo vaiar).

Dito popular 5: ‘Cuspido e escarrado’
Quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. “Esse… Sei lá!”
O correto é: ‘Esculpido em Carrara.’ (Carrara é um tipo de mármore) -

Dito popular 6: ‘Quem não tem cão, caça com gato.’
“Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, quando quer e se quer, mas vai que o bicho tá de bom humor!”
O correto é: ‘Quem não tem cão, caça como gato…. ou seja, sozinho!’



(Prof. Pasquale)

domingo, 30 de setembro de 2012

[Poema] Como eu te amo


Como se ama o silêncio, a luz, o aroma,
O orvalho numa flor, nos céus a estrela,
No largo mar a sombra de uma vela,
Que lá no extremo do horizonte aponta;

Como se ama o clarão da branca lua,
Da noite a mudez os sons da flauta,
As canções saudosíssimas do nauta,
Quando em mole vai e vem a nau flutua;

Como se ama das aves o gemido,
Da noite as sombras e do dia as cores,
Um céu com luzes, um jardim com flores,
Um canto quase em lágrimas sumido;

Como se ama o crepúsculo da aurora,
O manso vento que nos bosques rondeia,
O sussurro da fonte que passeia,
Uma imagem risonha e sedutora;

Como se ama o calor e a luz querida,
A harmonia, o frescor, os sons, os céus,
Silêncios e cores, perfumes e vida,
Os pais e a pátria e a virtude e a Deus.

Assim eu te amo, assim; mais do que podem
Dizer-te os lábio meus, - mais do que vale
Cantar a voz do trovador cansada:
O que é belo, o que é justo, santo e grande
Amo em tí. - Por tudo quanto sofro,
Por quando já sofri, por quanto ainda
Me resta sofrer, por tudo eu te amo!

(Gonçalves Dias)

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

[Psicologia] Transtorno de Personalidade Borderline


Síndrome de Borderline, ou Transtorno de Personalidade Limítrofe é uma expressão utilizada há mais de um século pelos pesquisadores do campo mental, que dela se valem para apontar uma modificação no limite entre a neurose e a psicose ou, como diriam alguns, na linha de demarcação entre a razão e a loucura. A pessoa atingida por esta síndrome apresenta um sério distúrbio psíquico, principalmente na esfera afetiva, no domínio dos impulsos, nas interações com o outro, na sua auto-imagem.

O diagnóstico desta perturbação mental é facilitado pelo próprio transtorno causado pelos sintomas no entorno do paciente, principalmente por atingir os familiares. Normalmente o indivíduo não ultrapassa os limites da normalidade, portanto é raro que ele seja enquadrado em um dos estados emocionais próximos do borderline, tais como a esquizofrenia, a depressão ou o transtorno bipolar.

Esta enfermidade psíquica não é ainda muito conhecida, embora afete indiscriminadamente integrantes das mais diversas classes sociais, pessoas célebres ou anônimas, particularmente as mulheres. Atualmente, o exemplo mais famoso de personalidade borderline é o da cantora Amy Winehouse, que revela em seu quadro dimensões radicais desta Síndrome, especialmente traços de autodestruição – os quais englobam a automutilação, com cortes perpetrados em várias partes do corpo, com a intenção de amenizar as dores emocionais, ameaças e até tentativas de suicídio -, consumo de drogas, intensos arrebatamentos verbais, ataques de agressividade, ilusões e alucinações passageiras, impulsividade desenfreada, sem falar nas constantes alterações de humor, apresentando-se a artista às vezes agitada, em outros momentos totalmente passiva.

Outras emoções despertadas pelo estado borderline incluem tristeza, raiva, vergonha, sentimento de pânico, horror, sensação de vazio e de extrema solidão. A capacidade de obter conhecimento também se encontra comprometida, levando o indivíduo a interpretações diversas sobre o outro, em um instante avaliando-o como um ser bom, logo depois o julgando como uma má pessoa. Além disso, há casos de perda da personalidade e do contato com a realidade. Entre tantos sintomas diversos, o DSMV fixou nove pontos essenciais para que se avalie o distúrbio como Síndrome de Borderline.



A expressão borderline foi utilizada primeiramente em 1884, pelo psiquiatra inglês Hughes, que assim se referia às ocorrências de loucura. Passou-se a usar este termo para diagnosticar sinais muito sérios de neurose. O pesquisador Bleuler julgava os esquizofrênicos como portadores de borderline. Enfim, em 1938, a palavra borderline é oficializada por Stern, que a adota para descrever uma modalidade de ‘hemorragia mental’, a qual ocorre quando se deflagra uma intolerância às frustrações. As pessoas se sentem, então, ressentidas, ultrajadas e emocionalmente atingidas. Grinker, em 1967, realiza pela primeira vez a descrição desta perturbação mental.



Estes pacientes têm intensa dificuldade de se relacionar. Fatores genéticos, abusos sexuais, exposição traumática á violência, são algumas das causas apontadas para a eclosão deste distúrbio, pois provocariam desequilíbrio emocional e comportamentos impulsivos. O reflexo deste problema na vivência social é muito sério, pois há uma grande dificuldade de se relacionar com os portadores desta Síndrome, embora seja necessário amparar e socorrer estas pessoas, principalmente porque o número de suicídios é muito alto, afetando pelo menos 10% dos pacientes.


CLASSIFICAÇÃO
  • Grupo A: Borderline com predomínio de características esquizóides e/ou paranóides, mais próxima das psicoses. 
  • Grupo B: Borderline com predomínio de características distímicas e afetivas.
  • Grupo C: Borderline com predomínio de características anti-sociais e perversas (corresponderiam ao grupo de Transtorno de Pessoalidade Borderline, propriamente dito, satisfazendo quase todos os critérios do DSM IV).
  • Grupo D: Borderline com predomínio de características neuróticas (obsessivo-compulsivas, histéricas e fóbicas) graves.


TRATAMENTO

A integração de tratamentos medicamentosos mais psicoterápico trouxe grandes progressos no tratamento do Transtorno Borderline.

Medicação:
O tratamento medicamentoso inclui Estabilizadores de Humor (mesmo que não se trate de DAB) pois eles ajudam a conter a impulsividade e as oscilações de humor.
Antidepressivos e Tranqüilizantes não tem a mesma eficácia que teriam em casos de depressões ou ansiedades "puras" mas certamente tem sua utilidade em Borderline.

Embora a medicação seja muito importante, ela é ator coadjuvante. O ator principal no tratamento é a Psicoterapia.


______
Fonte: Psiqweb e Mental Help

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...