domingo, 24 de novembro de 2013

[Música / Vídeo] As 10 músicas mais bonitas do mundo

Segundo a Revista Super Interessante, um usuário da rede social Reddit postou um tópico com a pergunta “Qual a música mais bonita que você já ouviu?”. Depois de mais de 9 mil comentários e pedidos de outros usuários para que os votos fossem para a música mais bonita. A lista abaixo mostra as 10 primeiras colocadas entre as músicas mais bonitas:

1. Claude Debussy – Clair de lune

   

 2. The Cinematic Orchestra – To build a home  

 3. Frederic Chopin – Noturno  

 4. Brian Eno – An ending

5. Ludwig van Beethoven – Sonata ao luar

6. Paris Opera-Comique Orchestra – O dueto das flores
 

7. Annie Lennox – Into the west  

 8. Peter Gabriel – The book of love  

 9. Fleet Foxes – Blue Ridge Mountains  

 10. Ludovico Einaudi – Divenire  

| Clique aqui e confira a lista das 100 músicas mais bonitas do mundo |



Fonte: Revista Super Interessante - Carolina Vilaverde (16/01/2013).

[Física] Simulador de campo elétrico

O Simulador de Campo Elétrico é um programa computacional que apresenta a atuação do campo elétrico sobre cargas elétricas em diversas situações que são comumente abordadas no Ensino Médio e que também representa o campo elétrico por intermédio dos vetores campo elétrico, linhas de força e superfícies equipotenciais, em duas e três dimensões, tudo de forma interativa e dinâmica. Recomendado para professores que queiram enriquecer suas aulas, ajudando os estudantes a “visualizarem” o campo elétrico.




Fonte: Einsteinmania - Física Acessível e Interativa.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

[Física] Ondas eletromagnéticas

As ondas eletromagnéticas são ondas formadas pela combinação dos campos magnético e elétrico que se propagam no espaço perpendicularmente um em relação ao outro e na direção de propagação da energia. 

James Clerk Maxwell, físico escocês, ficou conhecido por desenvolver o trabalho mais notável na área do eletromagnetismo no século XIX. Maxwell se apoiou nas leis experimentais que foram descobertas pelos célebres cientistas Coulomb, Ampère, Faraday e deu a essas teorias uma nova visão, estruturando um conjunto de equações que resume todos os conhecimentos sobre o eletromagnetismo, as quais ficaram conhecidas como equações de Maxwell.


Além de descrever o comportamento do campo elétrico e do campo magnético, as equações de Maxwell possibilitaram a previsão da existência das ondas eletromagnéticas, as quais são muito conhecidas e empregadas na ciência e na tecnologia. São ondas eletromagnéticas: as ondas de rádio, as microondas, a radiação infravermelha, os raios X e raios gama e a luz visível ao olho humano.




[Citação] Disponibilidade Mental


Gostaria de exprimir uma ideia que me ocorreu recentemente. Quando estava a viver sozinho neste país, notei como a monotonia de uma vida pacata estimula uma mente criativa. Existem algumas ocupações, mesmo na sociedade moderna, que requerem uma vida isolada e não exigem grande esforço físico ou intelectual. Vêem-me à ideia ocupações como o serviço de faróis e de barcos-faróis. Seria possível colocar jovens que desejem refletir sobre problemas científicos, especialmente de natureza matemática ou filosófica, nestas ocupações? Muito poucos jovens com semelhantes ambições têm, durante o período mais produtivo da sua vida, a oportunidade de se dedicarem, sem interrupções durante um certo período de tempo, a problemas de natureza científica. Mesmo um jovem que tenha a sorte de obter uma bolsa de estudo durante um período limitado de tempo é pressionado a chegar o mais depressa possível a conclusões definitivas. Tal pressão apenas pode ser prejudicial a um estudante de ciência pura. Com efeito, o jovem cientista que começa uma profissão prática que lhe permite ganhar o suficiente para viver está numa posição muito melhor, assumindo, é claro, que a sua profissão lhe deixa tempo e energia suficientes para se dedicar ao trabalho científico. 

[Albert Einstein, in "Discurso (1933)"]

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

[Curiosidade] Fatos impressionantes sobre o nosso corpo

Nesta postagem serão mostradas algumas curiosidades sobre o nosso corpo, o qual a cada ano, 98% dos átomos serão substituídos!






O estômago



Recriação artística dos neurônios.
Uma rede que existe no cérebro,
mas também no estômago.
O nosso estômago tem de produzir uma nova camada de muco de 2 em 2 semanas. Caso contrário digeria-se a ele próprio.

Além disso, o estômago tem mais neurônios do que muitos animais têm no cérebro. Sua coleção de neurônios é tão complexa, que alguns chamam de “segundo cérebro”. Ele é capaz de pensar por si próprio, o que significa que você pode digerir os alimentos sem ter que pensar sobre isso. [Mais detalhes



Somos tão peludos quanto um chimpanzé



Esta afirmação pode parecer falsa logo que você se olha no espelho (a menos que você sofra de hipertricose), mas você é realmente tão peludo quanto um dos primatas. Assim como os chimpanzés, que têm pelos por todo o corpo, o nosso é mais fino e curto do que dos nossos primos peludos. Por centímetro quadrado, temos uma média de 500-1000 folículos pilosos.


Você ajuda o vírus



Uma das maiores surpresas descobertas pelo Projeto Genoma Humano foi exatamente saber como colaboramos com os vírus. Os vírus não podem se reproduzir por conta própria – assim, eles inserem o seu DNA em uma célula hospedeira, a fim de ser copiado. Se o vírus insere-se em uma célula de esperma ou ovo, em seguida, a descendência resultante pode transportar o DNA do vírus em cada uma das sua células. Isso já aconteceu tantas vezes na evolução humana que não menos de 9% de nosso genoma é diretamente derivado do vírus.


Você não pode fazer cócegas em si mesmo



… A menos que você tenha esquizofrenia. Cócegas foi pensada para ser parte fundamental do vínculo humano, especialmente entre as crianças e seus pais. Mesmo quando crescem, a maioria das pessoas nunca superam a contração nervosa e o riso que vem quando são tocadas em certas partes. No entanto, como sabemos, não podemos agradar a nós mesmos, uma vez que nosso cérebro sabe exatamente o que esperar. Para esquizofrênicos, no entanto, não é tão fácil de reconhecer o toque como pertencente a si mesmos – muitos vão rir.


Seu corpo é mais jovem do que você



Você está mudando o tempo todo. Você inala, respira, come e excreta. A maior parte dos tecidos do seu corpo está em constante renovação. Acredita-se que a idade média de todas as células do corpo de um adulto podem ter apenas de 7 a 10 anos. No entanto, isso leva a um questionamento interessante, muito debatido por filósofos: se cada parte de você é diferente hoje, você ainda é a mesma pessoa de quando nasceu?

Você é praticamente cego



Infelizmente, seus olhos têm uma falha de design: ambos têm um ponto cego. Este ponto cego é grande o suficiente para causar problemas para aqueles que perdem a visão de um olho. Felizmente, para a maioria de nós, o fato de termos dois olhos significa que os pontos cegos passam despercebidos.


Você pode contar sem contar



Quando você é apresentado a um grupo de até quatro objetos, você não precisa contá-los para descobrir quantos são. Para estes grupos pequenos, você tem uma compreensão instintiva do número de itens. Os membros da tribo Pirahã no Brasil não têm quaisquer números em sua língua, e por isso eles são incapazes de contar – nem mesmo os pirahã são capazes de compreender números até quatro – não usam números, mas quantidades relativas. [Mais detalhes sobre essa tribo]


Você tem listras



Muitos mamíferos têm listras: os gatos podem ter listras muito claras, ou manchas. Os seres humanos não são diferentes – simplesmente nossas listras são geralmente invisíveis. Normalmente, você pode ver estas listras, linhas de Blaschko, quando uma doença afeta um tipo de célula.

domingo, 17 de novembro de 2013

[Notícia] Vídeo de óvnis feitos pelos satélites da NASA

Depois de quase um ano, a NASA removeu de seus arquivos imagens de um objeto que os estudiosos de óvnis descrevem como uma nave extraterrestre.   De tempos em tempos surge a suspeita de manipulação de imagem por parte das agências espaciais governamentais. Tal revelação poderia gerar histeria na população mundial.   Várias instituições de estudo do fenômeno óvni acusam a NASA de apagar evidências de seus arquivos. Elas poderiam provar que seres extraterrestres já visitaram o planeta Terra.



(Fonte: noticias.seuhistory.com - 19/07/2013)

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

[Mundo] O que é a "Sopa plástica" do Pacífico?

A Grande Porção de Lixo do Pacífico, chamada ainda de Grande Depósito de Lixo do Pacífico, Grande Ilha de Lixo do Pacífico ou Grande Sopa de Lixo do Pacífico, tal como descrita principalmente pelo pesquisador Charles J. Moore desde 1997, é uma região do Oceano Pacífico de extensão incerta, sendo descrita como do tamanho dos EUA, embora careça de fontes precisas. Foi descrita em fevereiro de 2008 no site da BBC e no jornal britânico The Independent.

É composta principalmente de plástico proveniente das costas marítimas, e é de difícil detecção, já que os satélites não conseguem captar sua presença, sendo possível avistá-la somente a partir de embarcações marítimas. Esta "massa plástica" flutua e se envolvem no giro oceânico devido às correntes oceânicas. Segundo Deixonne, ecologistas e cientistas são os únicos interessados em sanar o problema, uma vez que a área oceânica onde se localizam a massa de dejetos "se encontra em águas pouco transitadas pela navegação mercantil e turística".

O enorme redemoinho de lixo plástico flutuante do norte do Pacífico aumentou 100 vezes nos últimos 40 anos, revelou um artigo publicado na revista Biology Letters [Ler artigo]. 


Cientistas alertam que a "sopa de microplástico", cujas partículas medem menos de cinco milímetros, ameaçam alterar o ecossistema marinho porque favorecerem a reprodução de um tipo de inseto que serve de alimento para peixes, tartarugas e aves.

Atualmente, os cientistas estimam que a massa de lixo localizada na região do Giro Subtropical do Norte do Pacífico, conhecida como Grande Mancha de Lixo do Pacífico, ocupa uma área equivalente a duas vezes o território de Goiás, cerca de 695.660 km2.

Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), 13.000 partículas de lixo plástico são encontradas em cada quilômetro quadrado do mar, mas o problema é maior no Norte do Pacífico. O acúmulo de plástico no centro dessa região é favorecido pelo movimento das correntes marítimas e dos ventos.




Fontes: UOL CiênciaArauto do futuro, Jornal "O Globo", Zero Hora, Revista Veja

terça-feira, 12 de novembro de 2013

[Curiosidade] Natron: o lago que petrifica os animais

Durante um passeio às margens do Lago Natron, na Tanzânia, o fotógrafo Nick Brandt encontrou estranhas criaturas: diversos animais mortos, em sua maioria morcegos e pequenas aves, transformados em estátuas por causa do alto teor de alcalinidade da água - com índice de pH que varia entre 9 e 10,5.

Os bichos que mergulham nas águas do lago, ricas em carbonato de sódio, secam e são calcificados naturalmente. O trabalho do fotógrafo foi publicado em seu livro "Across the Ravaged Land".

"Não se sabe a causa exata da morte das aves, mas parece que o estranho reflexo que a superfície do lago produz as confunde, e eles se jogam na água da mesma maneira que alguns pássaros se chocam contra os cristais de uma janela. Tirei essas criaturas como eu as encontrei no litoral, e, em seguida, os coloquei em posições ‘vivas' - disse o fotógrafo à revista ‘New Scientist‘".

 Veja outras "estátuas" fotografadas por Brandt:






[Curiosidade] O lugar mais radioativo do planeta

Entre os Montes Urais e a alguns quilômetros da fronteira com o Cazaquistão, está localizada a pequena cidade russa de Ozyorsk, que é conhecida por ser o lugar mais radioativo do planeta.

Tudo começou em meados da década de 1940, quando o governo da extinta União Soviética construiu uma “cidade secreta” (Chelyabinsk-40) em uma área escondida pelos montes Urais, que serviria de base para a produção de armas nucleares. Em 1948, o primeiro reator do local já estava funcionando, transformando urânio em plutônio – carga que era enviada para fábricas de bombas.

Curiosamente, o projeto inicial não especificava o destino dos resíduos, e, numa espécie de improviso inconsequente, os responsáveis pela planta nuclear começaram a despejar o material no rio mais próximo, o Techa, que abastecia 39 cidades e vilarejos.

Apenas três anos mais tarde, foram enviados técnicos para investigar se o despejo de resíduos não estava saindo do controle. Eles descobriram que, enquanto outras áreas dificilmente emitiam mais do que 0,21 Röntgens (uma unidade de medida para radiação) em um ano, o rio Techa emitia 5 Röntgens em uma hora. 
Para tentar conter o estrago, o governo construiu barragens no rio e realocou os moradores das cidades e vilarejos afetados.

Como isso não eliminou o problema da destinação do lixo radioativo, decidiram despejá-lo em um lugar do qual, supostamente, ele não sairia – o lago Karachay, que era alimentado por um único rio.

Durante 30 ou 40 anos (as datas divergem, pois o governo soviético só confirmou a existência do projeto em 1990), o lago serviu de depósito radioativo. Contudo, ele não era tão seguro quanto se imaginava: parte da sua água “vazava” para o pântano Asanov, nos arredores, contaminando a área. Além disso, em 1967 uma grande seca fez com que uma parte considerável da água do Karachay evaporasse, o que expôs resíduos radioativos ao vento – partículas foram carregadas por uma área de 2,4 mil km², onde viviam cerca de 500 mil pessoas.

Atualmente, as margens do lago emitem 600 Röntgens por hora, e, se uma única barragem do rio Techa se romper, os resíduos podem alcançar correntes marítimas no Ártico, que as espalhariam pelo Atlântico. 


sexta-feira, 8 de novembro de 2013

[Astronomia] O que é matéria escura?

É uma parte do Universo que os astrônomos sabem que existe, mas ainda não sabem exatamente o que seja. É matéria, porque se consegue medir sua existência por meio da força gravitacional que ela exerce. E é escura, porque não emite nenhuma luz. Essa segunda propriedade é justamente o que dificulta seu estudo. Todas as observações de corpos no espaço são feitas a partir da luz ou de outro tipo de radiação eletromagnética emitida ou refletida pelos astros. Como a matéria escura não faz nenhuma dessas coisas, é "invisível". Ainda assim, sabe-se que ela está lá. 

Na década de 1930, o astrônomo Fritz Zwicky, um húngaro radicado nos Estados Unidos, calculou a massa de algumas galáxias e percebeu que ela era 400 vezes maior do que sugeriam as estrelas observadas! A diferença está justamente na massa de matéria escura. E quanta diferença! Pelas contas do professor Fritz, você deve ter percebido que ela não é apenas um detalhe na composição do Universo, e, sim, seu principal ingrediente. Hoje em dia, calcula-se que ele corresponda a mais ou menos 95% do Universo. 

Existem várias teorias sobre o que seria a tal massa escura. O mais provável é que ela seja feita de partículas subatômicas, menores que nêutrons, prótons e elétrons e ainda indetectáveis pelos atuais instrumentos de medição dos cientistas. Para terminar, vale um esclarecimento: apesar da semelhança no nome, matéria escura não tem nada a ver com buraco negro. "A massa escura é um componente do Universo, sem luz, enquanto o buraco negro é um objeto astrofísico com um campo gravitacional tão forte que não deixa nem mesmo a luz escapar", afirma o astrônomo Enos Picazzio, da Universidade de São Paulo (USP).

(Tarso Araújo - mundoestranho.abril.com.br)


Foto de John Dubinski, Universidade de Toronto
Ninguém consegue vê-la, senti-la, ou mesmo saber o que é. Mas sem a misteriosa substância chamada matéria escura, as galáxias se fragmentariam. Uma simulação feita em computador por John Dubinski, um astrofísico da Universidade de Toronto, representa a matéria escura como uma enorme rede de filamentos espalhada pelo espaço, mostrada em branco acima. Segundo os cálculos de Dubinski e outros astrofísicos, o universo visível – estrelas e galáxias – é uma mera farpa do que há lá fora. A matéria escura é uma partícula grande sem carga elétrica; sua única marca é sua força gravitacional. Os especialistas calculam que os experimentos dos próximos dez anos conseguirão finalmente isolar partículas da matéria escura e desvendar o maior mistério do universo.




quarta-feira, 6 de novembro de 2013

[Ficção] Os zumbis estão em alta


Como é visto nos velhos clichês de revistas e programas de TV sobre propagandas de roupas, carros e celebridades, os nada (ou "mais ou menos") simpáticos zumbis estão em alta! 

Todo mundo quer assistir com certa repugnância, satisfação e brilho no olhar os infelizes zumbis serem mortos. Alguns vão mais a fundo sonhando que o apocalipse zumbi venha a acontecer para que aquelas armas tão legais pudessem ser usadas na vida real: machados, foices, espadas, caçadeiras, espingardas, metralhadoras, submetralhadoras, carabinas, mosquetes, bazucas, revólveres, canhões, fuzis, pistolas automáticas e lança-chamas (faltou alguma?). 

Enquanto um T vírus não espalha em nosso planeta, os zumbis vão sendo mortos em PC, Playstation IV ou Xbox 360. É um excelente treinamento! Ali é imaginado que aquele zumbi não é um simples zumbi e sim aquela vizinha neurótica que vive te atormentando e coloca o seu cachorrinho pra cagar no sujar teu jardim, aquela pessoa que fala tanto mais do que pensa, ou até aquele professor que vai te reprovar. Porque para você, todos eles se tornaram zumbis em teu mundo virtual (ou real). 

Veremos até quando essa "zumbimania", "zumbilândia" ou "zumbimafu" vai perdurar... Se você não ver isso acontecer é porque já morreu e/ou se tornou um zumbi.

(Luis Valério Prandel)

[Saúde] Os benefícios de doar sangue

Pacientes submetidos a transplante de órgãos, em terapia para o câncer ou portadores de muitas outras doenças dependem de transfusão de sangue para seu tratamento. O sangue também é essencial para a sobrevida de recém-nascidos prematuros e de pessoas que sofreram grandes acidentes. doar sangue é um procedimento simples, rápido, sigiloso e seguro.


No que consiste?


A doação é a retirada de aproximadamente 450 ml de sangue, através de inserção de uma agulha em um dos braços.

A coleta é feita por pessoal capacitado e sob supervisão de um médico ou enfermeiro, garantindo o bem estar do doador.

O ambiente deve ser limpo e confortável e o material descartável. Todo o processo da doação de sangue levam em torno de 55 minutos.

Doar sangue não dói, nem prejudica a sua saúde.


Direitos e critérios dos doadores

Quando um cidadão doa sangue, ele tem direito a um dia de folga, no período de um ano, assegurado pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Além disso, as pessoas que exercem atividades de risco, como pilotar avião ou helicóptero, subir em andaimes e praticar paraquedismo ou mergulho, e motoristas de ônibus ou caminhões de grande porte devem interromper suas atividades por 12 horas após a doação.

Em 2011, a portaria 1.353 estabeleceu um novo Regulamento Técnico de Procedimentos Homoterápicos, com novas regras de doação. Entre as mais significativos estão a ampliação do universo de doadores (jovens de 16 a 17 anos e idosos com mais de 68 anos podem agora doar sangue) e a exclusão da orientação sexual como critério para a seleção de candidatos.


Intervalos para doação

Homens: 60 dias (até quatro doações por ano)

Mulheres: 90 dias (até três doações por ano)


Mitos e verdades sobre a doação

A doação “engrossa” o sangue, entupindo as veias, ou “afina” provocando anemia
Mito. O sangue continua com a mesma consistência.

Posso contrair doenças ao doar sangue
Mito. O material é totalmente descartável e é aberto na frente do doador, não há risco de contaminação.

Doar sangue emagrece
Mito. Ao doar sangue você não engorda nem emagrece. Inclusive dietas para emagrecimento não impedem a doação de sangue, desde que a perda não tenha comprometido a saúde.

Doar sangue vicia
Mito. A doação de sangue não está relacionada a nenhuma dependência.

Faço uso de remédios contínuos e por isso não posso doar
Mito. O uso de medicamentos será analisado caso a caso. O importante é informar o tipo de remédio que faz uso contínuo ou se usou algum medicamento, como analgésicos ou anti-inflamatórios, nos últimos dias. Quem toma anticoncepcional, anti-hipertensivo ou diurético, por exemplo, pode doar normalmente.

Sou diabético e não posso doar
Mito. Se a pessoa tem diabetes e controla a doença com alimentação ou hipoglicemiantes orais, sem apresentar alterações vasculares, poderá doar. Caso ela tenha utilizado insulina, mesmo que apenas uma única vez, não poderá doar.

Doar sangue enfraquece o organismo
Mito. Após uma doação, o sangue tende a voltar ao normal rapidamente e, portanto, não há fraqueza. O volume de sangue coletado é baseado no peso e na altura do doador. Além disso, o organismo repõe todo o volume de sangue doado nas primeiras 24 horas após a doação.

O sangue que eu doar pode servir para várias pessoas diferentes
Verdade. O sangue coletado é separado em vários componentes (concentrado de hemácias, de plaquetas e de plasma) e cada paciente recebe aquela parte que seu organismo necessita.

Doar é rápido e seguro
Verdade. A doação de sangue segue as recomendações da Organização Mundial de Saúde com relação à segurança e ao tempo. Ela não pode durar mais que dez minutos. Já o tempo para as etapas de cadastro e triagem dependerá do número de doadores atendidos no momento.


Benefícios para o seu coração

Mesmo com todos os avanços da medicina, ainda não se descobriu um substituto para o sangue humano, que é utilizado nos mais diversos casos, desde acidentes de trânsito a pacientes cardíacos e qualquer pessoa que se submeta a uma cirurgia com riscos de sangramento. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o ideal é que 5% da população doe sangue pelo menos uma vez por ano. No Brasil, essa taxa é de apenas 2%.

Os bancos de sangue de todo o País estão sempre com déficit de abastecimento. Uma das causas do problema é a falta de informação da maioria das pessoas, que cercam a doação de sangue de mitos, entre os quais de que o sangue engrossa ou afina após a doação.

Em vez disso, o ato de doar sangue traz benefícios a sua saúde. Segundo o médico Guilherme Deucher, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Ortomolecular (Sobramo), "um estudo realizado na Finlândia mostra que a doação pode diminuir em 86% os riscos de problemas cardiovasculares no homem. A relação entre doação e a diminuição das doenças cardíacas está ligada ao excesso de ferro acumulado no sangue, que se torna um potencial agente oxidante, atuando como catalisador da geração de radicais livres, substâncias tóxicas produzidas pelo organismo".

Já as mulheres têm este risco naturalmente diminuído durante o período menstrual, que elimina o excedente de ferro acumulado no sangue.



E se você já é um doador sanguíneo, aproveite uma de suas idas ao Banco de Sangue e se torne um doador de medula. É muito simples! Além da bolsa de sangue, eles tirarão de você mais 5 ml de sangue para os exames, e você precisará preencher uma ficha cadastral.



(Fonte: Revista Eu, HEMOSC, IUPI, FUJISAN)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...