domingo, 22 de agosto de 2010

[...] Dia escuro e noite clara


O sol brilhou...
A vida exaltou...
E um sentimento exclamou...
As mentes são iluminadas, mas tu não iluminas quando mentes
A luz e o sopro foram espalhados...
Também a escuridão foi disseminada nas mentes...
Sombras e luzes, breus e raios foram misturados
A brisa suave se propagou e a claridade refletiu
Matando a noite e o escuro foi sumindo
Depois o lume se foi e a nuvem escura surgiu
O dia morreu e o clarão foi ferido
Uma sequência interminável de lua e sol
O sol reflete na lua, mas a lua não reflete no sol
Minha mente: dia e noite, ideias limpas e obscuras
Minha vida: brilhos e sopros, nuvens claras e escuras
...e tudo oscila continuamente e indefinidamente
na exaltada vida e na iluminada mente...

(Luis Valério Prandel)

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

[Comentário] Respostas

Desde criança procurei por respostas. Agora com mais intensidade. São respostas de tão alto grau de importância e de transcendentalidade que as ciências não puderam explicar e talvez nunca possam. O tempo não para e talvez as respostas nem surjam instantaneamente. Mas não há motivo para preocupações, pois um dia estas respostas ficarão mais claras do que a neve e chegarão em nossas vidas de maneira espontânea. Para isto acontecer basta ter fé, paciência e amor. Este caminho nos leva a acreditar na presença de um Criador que nos ama incondicionalmente e que também nos dá esta possibilidade de amar, um agape que não espera nada em troca. Também tudo nos será dado em acréscimo, inclusive as respostas que mais buscamos nesta vida.
(Luis Valério Prandel)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

[Comentário] Perguntas

Quando a nossa vã filosofia de não aprender a aceitar as coisas da maneira que elas são e de não tentar mudar aquilo que pode e deve ser mudado ocorre, podemos ser comparados com nossos antepassados não-civilizados que não viviam, mas sobreviviam mediante seus instintos.

A falta ou não-falta de aprendizagem, aceitação e mudança geram perguntas e mais perguntas que não querem calar..., e como é dito por aí que "não são as respostas que movem o mundo e sim as perguntas"... Então analisemos tantas perguntas: algumas bem respondidas e muitas não. São perguntas que ficam vagando sem respostas ao longo da história, perguntas mal formuladas e até perguntas sem nenhum tipo de fundamento, ou seja, perguntadas por perguntar.

Com estes tipos de perguntas, que são jogadas ao vento, sem fundamento, fazem com que o mundo não desenvolva. Nosso mundo é civilizado ou aparentemente civilizado?

(Luis Valério Prandel)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...