quarta-feira, 19 de agosto de 2015

[Música] SILVIO PRANDEL - Ilusão do Amor

Gênero: Pop Romântico
Natural de Ponta Grossa - Paraná - Brasil



Contatos: 

TONINHO CRUZ PRODUÇÕES 
(11) 99414-1190 (11) 2097-8370
toninhocruz.com.br 

Facebook OFICIAL: Silvio Prandel

Gravação: Estúdio Villa das Artes (São Paulo-SP)

quinta-feira, 4 de junho de 2015

[Cinema] Cidadão Kane

Cidadão Kane (Citizen Kane) é um filme norte-americano de 1941, dos gêneros Ação e Drama. Dirigido por Orson Welles, o longa conta a ascensão de um mito da imprensa americana. De garoto pobre no interior a magnata de um império do jornalismo e da publicidade mundial. Inspirado na vida do milionário William Randolph Hearst.

Em votação realizada em 1998 pelo American Film Institute, "Cidadão Kane" foi escolhido o melhor filme de todos os tempos.


Características do filme

Roteiro: Herman Manckiew e Orson Welles

Elenco: Agnes Moorehead, Buddy Swan, Dorothy Comingore, Erskine Sanford, Everett Sloane, Fortunio Bonanova, George Coulouris, Georgia Backus, Gus Schilling, Harry shannon, Joseph Cotten, Orson Welles, Paul Stewart, Philip Van Zandt, Ray Collins, Ruth Warrick, Sonny Bupp, William Alland

Produção: Orson Welles

Fotografia: Gregg Toland

Trilha Sonora: Bernard Herrmann

Duração: 119 min

Distribuição em DVD: Warner

O filme é considerado "revolucionário" porque faz uso de flashbacks, sombras, tem longas sequências sem cortes, mostra tomadas de baixo para cima, distorce imagens para aumentar a carga dramática; a iluminação é pouco convencional, o foco transita do primeiro plano para o background, os diálogos são sobrepostos e os closes são usados com contenção.



Sobre o diretor Orson Welles

Quando dirigiu, produziu, protagonizou e foi co-roteirista de Cidadão Kane, Welles tinha 25 anos e conquistara fama no rádio: em 1939 fez história ao transmitir programa que simulava uma invasão dos Estados Unidos por marcianos. A primeira entrada da reportagem no ar relatou acontecimentos imprecisos que, nos flashes seguintes, foram se tornando cada vez mais claros e ameaçadores; eram entrevistados populares, autoridades, especialistas etc., compondo um quadro cada vez mais assustador. Baseado no livro A Guerra dos Mundos, de H. G. Wells, o show radiofônico criou habilmente a ilusão de veracidade, levando os ouvintes ao pânico.
Graças à notoriedade assim conquistada, o diretor novato recebeu da produtora RKO carta branca para dirigir e um orçamento generoso. Confirmando sua índole polêmica, ele fez um filme no qual se identificavam alusões ao magnata das comunicações William Randolph Hearst.


Sinopse

A história conta como o repórter Thompson (Joseph Cotten) reconstitui a trajetória do empresário da imprensa Charles Foster Kane (Welles), buscando decifrar o significado de sua última palavra no leito de morte: "rosebud". A morte de Kane comovera a nação e descobrir o porquê daquela palavra se torna uma obsessão para o jornalista, que acredita poder encontrar nela a chave do significado daquela vida atribulada.

O repórter entrevista, então, as pessoas próximas ao figurão. Um emaranhado de informações vai se costurando à frente dos olhos do espectador, desde a infância pobre, revelando um Kane por vezes perturbado, mas sempre ambicioso. Essa multiplicidade de fontes usadas pelo repórter cria um conjunto de perspectivas diferentes, funcionando como peças do quebra-cabeças que os espectadores vão montando.

Kane herda uma fortuna e deixa de viver com os pais para ser criado por um banqueiro, Walter Parks Thatcher (George Coulouris). Dentre todos os negócios que passam às suas mãos na maioridade, resolve dedicar se a um dos menos rentáveis: um jornal convencional e pouco influente.


Atraindo as estrelas dos veículos concorrentes com salários maiores e praticando um jornalismo agressivo (que frequentemente descamba para o sensacionalismo), Kane consegue sucesso como homem de mídia, criando uma reputação de campeão dos pobres e oprimidos. Tenta carreira na política, concorrendo a governador como candidato independente; quando parece ter a vitória nas mãos, um escândalo provoca sua derrota. Depois de dois casamentos fracassados, passa seus últimos dias sozinho no palácio que construiu e para o qual levou tudo que o dinheiro podia comprar desde obras de arte de valor inestimável até os animais mais exóticos do planeta.

O personagem central vai, aos poucos, perdendo suas virtudes e aumentando seus defeitos. Pode ser visto retrospectivamente como alguém amargo, sombrio, arrogante, manipulador, cruel e impiedoso. Sua trajetória, no entanto, encerra muito do sonho americano: idealismo, espírito de iniciativa, fama, dinheiro, poder, mulheres, imortalidade.


Paralelo entre Kane e Hearst

O óbvio paralelo de Kane (e seu Inquirer) com Hearst (e seu Exnminer) gerou controvérsias e pressões para impedir a montagem e exibição do filme. As similaridades são muitas: Kane construiu um palácio extravagante na Flórida, Hearst tinha um em San Simeon; o personagem teve um caso com uma cantora sem talento, Susan Alexander (Dorothy Comingore), lembrando o que Hearst teve com a jovem atriz Marion Davies. Enquanto o magnata da vida real comprou o estúdio Cosmopolitan Pictures para promover o estrelato de Davies, Kane comprou para Susan um teatro. Entretanto, enquanto Hearst nasceu rico, Kane era filho de uma família humilde.


Prêmios

Oscar: Vencedor do prêmio de melhor roteiro e indicado nas categorias de melhor ator protagonista (Orson Welles), melhor direção de arte preto-e-branco, melhor fotografia preto-e-branco, melhor diretor, melhor montagem, melhor trilha sonora, melhor filme e melhor som.

Associação de Críticos de Nova York (NYFCC 1941, New York Film Critics Circle Awards): Vencedor do Prêmio de Melhor Filme.


Outras informações

Foram selecionados alguns links interessantes com comentários e críticas sobre o filme:


Trailer do filme



__________________
Fontes: Wikipédia, Cineclick, Webcine, InfoEscola e Adorocinema.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

[Curiosidade] Por que a água do mar é salgada?

Com mais de 70% da superfície da Terra coberta por água, é um paradoxo pensar que a escassez deste elemento já é realidade em muitas partes do Planeta. É que somente uma pequena parcela é formada por água doce. Enquanto não existe uma forma barata de tornar potável a água do mar, é bom saber que ele só é salgado porque os oceanos são o ponto final do ciclo da água em nosso planeta.

Ciclo da água em nosso planeta:

1. No nosso planeta, 84% do total da água evaporada em direção à atmosfera sai dos oceanos. No entanto, por causa da ação dos ventos, apenas 77% do total de água que retorna à superfície em forma de chuva cai sobre esses mesmos oceanos;

2. Com os rios, a proporção é diferente: eles contribuem com 16% da água evaporada no planeta, mas recebem 23% das chuvas. Ou seja, os rios recebem mais água do que perdem, exatamente o contrário do que ocorre nos oceanos. Para manter o sistema em equilíbrio, os rios correm para o mar;

3. Quando percorrem os continentes, as águas dos rios carregam íons —átomos ou conjunto de átomos com grande potencial para se ligarem com outros íons— de cloro e de sódio. Esses íons são liberados das rochas nos leitos dos rios e se unem formando o cloreto de sódio, o sal de cozinha, que é levado junto com a água dos rios até o mar;

4. Como o sal não evapora com a água, toda essa substância carregada pelos rios do planeta vai se acumulando nos mares. A repetição desse processo ao longo de centenas de milhões de anos de formação da Terra aumentou a concentração do cloreto de sódio nos oceanos (e outros sais), tornando-os salgados como são hoje em dia.



Ao mesmo tempo, vulcões submersos foram lançando elementos químicos na água, contribuindo para o aumento da salinidade. Esses fenômenos ocorrem até hoje. Estima-se que os oceanos recebam anualmente 2,5 milhões de toneladas de sais variados. 

Os mares não ficam mais salgados a cada ano porque eles também perdem sal. Moluscos, crustáceos, estrelas do mar, ouriços e tartarugas, entre outros animais marinhos, utilizam o sódio e o cálcio diluídos na água para construir suas conchas e carapaças. É por isso que a salinidade média de mares e oceanos ao redor do mundo mantém-se mais ou menos estabilizada em 3,5% - ou seja, 3,5 gramas de sais (principalmente cloro e sódio) para cada litro de água. 

Apenas no mar Morto, lago de água salgada do Oriente Médio, a salinidade chega a 35% - e por esse motivo é mais fácil flutuar em suas águas.



segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

[Saúde] As doenças mais comuns no verão

"O verão começa oficialmente [no Brasil] no dia 21 de dezembro. Essa é a época mais quente do ano e também a que exige maiores cuidados com a saúde, pois o calor proporciona condições ideais para a ocorrência de algumas doenças. As doenças mais frequentes no verão são aquelas que levam a perda de líquidos e a desidratação. No entanto, outras doenças também são muito comuns. A insolação, as micoses e a intoxicação alimentar são doenças frequentes que podem atrapalhar as suas férias".


ACNE SOLAR

O que é? A acne solar caracteriza-se por uma erupção que atinge principalmente o tronco e a raiz dos membros superiores e que surge poucos dias após a exposição intensa destas áreas ao sol.
Sintomas: Formam-se lesões papulosas (semelhantes a pequenas "bolinhas endurecidas") e pustulosas (bolhinhas de pus), sendo algumas delas doloridas e avermelhadas devido à inflamação.
Tratamento: Muito comum durante o verão, a acne solar pode ser evitada com a utilização de filtros solares, de preferência aqueles em base não oleosa ("oil free"), aplicados antes e durante a exposição ao sol. O tratamento pode ser feito com as medicações usualmente utilizadas para tratar a acne vulgar, como esfoliantes e antibióticos em loção ou gel, quando houver inflamação. Mesmo sem tratamento, com o passar do tempo e evitando-se a exposição solar, a acne solar tende a ir melhorando gradativamente. 


CONJUNTIVITE

O que é? É o processo infeccioso da estrutura dos olhos (conjuntiva), cujo contágio é de pessoa para pessoa, através das secreções oculares, transmitidas pelo contato direto, das mãos, toalhas, lenços e água da piscina.
Sintomas: Prurido ocular, lacrimejamento exagerado, desconforto de graus variados e edema das pálpebras. Alguns casos tornam-se mais graves e podem trazer febre, gânglios no pescoço e infecção de outras estruturas do rosto.
Prevenção: Para evitar que o quadro se agrave: mantenha boa higiene com soro fisiológico e procure orientação médica. Nunca use nenhum medicamento sem prescrição.


DESIDRATAÇÃO

O que é? Ocorre pela perda de líquidos e eletrólitos, como sódio e potássio, através de vômitos, diarreia ou sudorese intensa. Cada perda deve ser reposta com líquidos adequados, sendo o mais indicado o soro oral (vendido nas farmácias) ou soro caseiro.
Prevenção: Consuma líquidos de forma abundante (água, sucos de frutas), principalmente quando estiver exposto ao calor. Em caso de vômitos ou diarreia, é importante consultar o médico.


BICHO GEOGRÁFICO

O que é? É o nome popular da doença de pele em humanos causada pela larva de vários parasitas nematoides. O contágio se dá através da pele, e o tratamento com medicação específica deve ser prescrito pelo médico.
Prevenção: Verifique o solo por onde pisa, pois nele pode haver contaminações.


INSOLAÇÃO

O que é? Aumento da temperatura corporal pelo excesso de calor. O tratamento inclui banhos frescos que podem ser de 15 minutos ou mais, medir sempre a temperatura corporal, manter o ambiente fresco e exagerar na hidratação com água e líquidos isotônicos.
Prevenção: Evite exposição ao calor, usar pouca roupa, ambientes fechados e quentes.


DIARREIA

O que é? Aumento do número de evacuações (fezes não necessariamente líquidas) e/ou a presença de fezes amolecidas.
Prevenção: Lave as mãos com água e sabão, use álcool gel, lave as frutas de casca com água e sabão (mesmo se for descascá-las), higienize adequadamente as folhas e verduras, evite o consumo de alimentos perecíveis, principalmente na rua ou em festas, e certifique-se da qualidade da água que bebe.


HEPATITE A

O que é? Doença infecciosa aguda, causada pelo vírus da hepatite A, que produz inflamação e necrose do fígado. A transmissão do vírus é fecal-oral, adquirido por água e/ou alimentos contaminados. O diagnóstico será feito após consulta médica, bem como o tratamento. 
Prevenção: Já estão disponíveis vacinas em clínicas particulares de vacinação.


MICOSES

Como o verão é a estação mais quente do ano, transpiramos muito e temos mais contato com a água. Isso faz com que a nossa pele fique úmida por mais tempo. A umidade da pele favorece o aparecimento das micoses, que são doenças causadas por fungos e que podem ser adquiridos na praia ou nas piscinas. Em contato com a pele úmida, os fungos se desenvolvem rapidamente. 
Todo o corpo pode ser afetado pelas micoses. No verão, é mais comum o acometimento das virilhas, pés e unhas.
A doença inicia-se sempre por uma pequena lesão vermelha. Provoca escamação contínua da pele e coceira. O stress e o sol podem facilitar a sua manifestação.
No pé, a micose mais frequente é o pé-de-atleta, ou frieira. Ela ocorre entre os dedos. Esse tipo de micose quando não tratada pode facilitar a entrada de germes na perna provocando erisipelas, além disso com o passar do tempo provoca mau cheiro.
Nas unhas a doença mais frequente é a onicomicose. É provocada por fungos e também por outro tipo de microrganismo comum na natureza: as leveduras. Inicia-se na ponta da unha, deixando-a amarelada. Dói bastante e incomoda. Aos poucos, a unha fica espessada e com aparência feia. 
Ao sinal de micose, deve-se procurar o dermatologista. A automedicação não é aconselhada já que as micoses podem ser confundidas com outras doenças.


INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

Nas férias é comum que as pessoas se alimentem na praia, no clube ou em outros locais que muitas vezes não possuem higiene adequada no preparo e conservação dos alimentos. As refeições em self-service que são comuns nestes períodos, os salgadinhos na praia, os peixes e outros petiscos que na maioria das vezes ficam expostos por longos períodos à temperatura ambiente são os principais causadores da intoxicação alimentar. 
Intoxicação alimentar é o nome que se dá aos sintomas desagradáveis que uma pessoa experimenta depois de ingerir alimentos contaminados por microorganismos nocivos. Os microorganismos afetam diversos tipos de alimentos, não sendo obrigatório que ele esteja estragado para que ocorra a contaminação. São várias as causas de intoxicação alimentar. 
Quando uma pessoa ingere um alimento contaminado, ela pode desenvolver alguns sintomas que variam de acordo com o microorganismo causador do distúrbio. Um alimento contaminado pela Salmonela, por exemplo, que é um microorganismo que atinge as carnes, pode causar diarréia, um simples desarranjo intestinal, náuseas, vômitos, febre, cefaléias, e até mesmo, desidratação grave. 
Em geral, os sintomas da intoxicação alimentar duram poucos dias. Nos casos menos graves, um dia de repouso e a ingestão de uma grande quantidade de água ou de sucos, são suficientes para compensar a perda de líquidos provocada pela diarréia ou pelos vômitos. Nos casos mais graves, é necessário procurar um médico para o tratamento especifico contra o agente causador da intoxicação. A intoxicação alimentar nos casos mais graves pode ser fatal. 
Com alguns cuidados básicos você poderá fazer com que o verão seja ainda mais prazeroso.


DENGUE

A dengue é uma das mais conhecidas doenças de verão. Ela é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que transporta o vírus. 
Quem é picado pelo inseto pode sentir febre alta, dores de cabeça, nos músculos e nas articulações, além de perder o apetite, ter náuseas e apresentar bolinhas vermelhas por todo o corpo que causam coceiras. Por isso, em caso desses sintomas procure o posto de saúde mais próximo de sua residência. 
A única maneira de evitar a dengue é não deixar o mosquito nascer. Para isso, é necessário acabar com os criadouros (lugares de nascimento e desenvolvimento do mosquito). Portanto, não deixe a água, mesmo limpa, ficar parada em qualquer tipo de recipiente, como Pneus, pratos de vasos, garrafas, caixas d’água, entre outros. 


HERPES LABIAL

O que é?
Herpes é uma infecção causada pelo vírus Herpes simplex. O contato com o vírus ocorre geralmente na infância, mas muitas vezes a doença não se manifesta nesta época. O vírus atravessa a pele e, percorrendo um nervo, se instala no organismo de forma latente, até que venha a ser reativado. A reativação do vírus pode ocorrer devido a diversos fatores desencadeantes, tais como: exposição à luz solar intensa, fadiga física e mental, estresse emocional, febre ou outras infecções que diminuam a resistência orgânica.
Algumas pessoas tem maior possibilidade de apresentar os sintomas do herpes. Outras, mesmo em contato com o vírus, nunca apresentam a doença, pois sua imunidade não permite o seu desenvolvimento. As localizações mais frequentes são os lábios e a região genital, mas o herpes pode aparecer em qualquer lugar da pele. Uma vez reativado, o herpes se apresenta da seguinte forma:
- inicialmente pode haver coceira e ardência no local onde surgirão as lesões.
- a seguir, formam-se pequenas bolhas agrupadas como num buquê sobre área avermelhada e inchada.
- as bolhas rompem-se liberando líquido rico em vírus e formando uma ferida. É a fase de maior perigo de transmissão da doença.
- a ferida começa a secar formando uma crosta que dará início à cicatrização.
- a duração da doença é de cerca de 5 a 10 dias.
Tratamento
Os seguintes cuidados devem ser tomados durante um surto de herpes:
- o tratamento deve ser iniciado tão logo comecem os primeiros sintomas, assim o surto deverá ser de menor intensidade e duração;
- evite furar as vesículas;
- evite beijar ou falar muito próximo de outras pessoas, principalmente de crianças se a localização for labial;
- evite relações sexuais se for de localização genital;
- lave sempre bem as mãos após manipular as feridas pois a virose pode ser transmitida para outros locais de seu próprio corpo, especialmente as mucosas oculares, bucal e genital.
- O tratamento deve ser orientado pelo seu médico dermatologista. É ele quem pode determinar os medicamentos mais indicados para o seu caso que, dependendo da intensidade, podem ser de uso local (na forma de cremes ou soluções) ou de uso via oral, na forma de comprimidos.
Quando as recidivas do herpes forem muito frequentes, a imunidade deve ser estimulada para combater o vírus. Os fenômenos desencadeantes devem ser evitados, procurando-se levar uma vida o mais saudável possível. A eficácia das vacinas contra o herpes são muito discutidas, mostrando bons resultados em alguns pacientes mas nenhum resultado em outros.
(Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima - Dermatologista)




[Curiosidades] República Popular da China

A República Popular da China (中华人民共和国) é o maior país da Ásia Oriental e o mais populoso do mundo, com mais de 1,36 bilhão de habitantes, quase um quinto da população da Terra. É uma república socialista, governada pelo Partido Comunista da China (PCC) sob um sistema unipartidário e que tem jurisdição sobre vinte e duas províncias, cinco regiões autônomas (Xinjiang, Mongólia Interior, Tibete, Ningxia e Guangxi), quatro municípios (Pequim, Tianjin, Xangai e Chongqing) e duas Regiões Administrativas Especiais com grande autonomia (Hong Kong e Macau). A capital da RPC é Pequim.

CURIOSIDADES SOBRE A CHINA


• Na China nascem cerca de 20% mais meninos do que meninas. Isso faz com que haja uma grande quantidade de homens solteiros no país.

• Estimativas revelam que no ano de 2020 pelo menos 30 milhões de homens ficarão solteiros.

• Em função da elevada população, o governo chinês criou uma lei determinando que cada casal só pode ter um filho. Isso resultou numa geração com aproximadamente 90 milhões de chineses sem irmãos.

• Outra medida de controle de natalidade é em relação ao número de animais de estimação, cada família pode possuir somente um cachorro e outros animais que não ultrapassem 35 centímetros de altura.


• Na China os idosos são muito valorizados em função das experiências de vida e cultura que carregam. Por isso, cerca de 30% das famílias chinesas possuem um dos avós morando junto.

• Cerca de 45% das chinesas afirmam que valorizam a carreira profissional e não trocam por um casamento.


A cada feriado do Ano-novo chinês, mais de 300 milhões de pessoas viajam pela China, para visitar parente, sendo o maior movimento migratório do planeta. Como não conseguem ir ao banheiro nos trens superlotados, muitos viajantes usam fraldas para adultos.

• É comum o hábito do arrotar durante a refeição. É uma demonstração de que aprovou a comida.

• O banquete do ano-novo chinês entre os mais ricos inclui iguarias como ovos podres cozidos e sopa de ninho de andorinha. 


• Nas províncias do sul, come-se de tudo : gafanhotos, escorpiões, ratos selvagens, gatos, cachorros, estrelas-do-mar, cobras e até casulos de bicho-da-seda. 

• Há um restaurante em Pequim cuja especialidade é pênis. Isso mesmo, lá se tem pratos com o membro de 9 animais : Touro, jumento, cão, cobra, cervo, carneiro, búfalo, foca e cavalo, e como o povo acredita que o prato é afrodisíaco, não faltam clientes.

• Na China, as cobras correm risco de extinção. Motivo: a carne do bicho é tida como afrodisíaco, às vezes chega a faltar no comércio. Por ano, são consumidas 10 mil toneladas de cobra na China.

• A China tem mais porcos do que a soma dos 43 países que a seguem na produção da carne suína. Ou seja, quase metade dos porcos do planeta são criados por fazendeiros chineses.

• O total do número de celulares na China aumentou de 87 milhões (em 2000) para 432 milhões atualmente.


• O que nós chamamos de boa educação e higiene não se aplica na China. Os banheiros são apertados, fedidos e com apenas um buraco no chão. As pessoas urinam no meio da rua. Soltar puns em público é com eles mesmos.

• O que chama mais atenção é o hábito de cuspir : Chineses cospem em qualquer lugar, e se você der mole, pode levar uma cusparada acidental, pois a medicina tradicional chinesa acredita que seja danoso engolir a saliva. E fuma-se até em aviões na China.

• As leis chinesas são extremamente rigorosas e a pena de morte é aplicada para diversos tipos de crime.


• A China possui a maior construção do mundo, a Muralha da China. Ela possui 21.196 quilômetros de extensão.

• O território chinês abrange 4 fusos horários, mas o governo não se importa muito, e todo o país adota a hora de Pequim. O que faz o sol nascer às 4 da manhã no leste do país, e no oeste, às 9 da manhã.


• A China é o segundo país mais poluidor do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos (referente à emissão de dióxido de carbono). Das 20 cidades mais poluídas do mundo, 16 são chinesas.

• O número de internautas na China já superou os Estados Unidos, com 220 milhões de usuários.

• A escrita chinesa é ideográfica, ou seja, usa símbolos gráficos para representar palavras e conceitos abstratos. Os símbolos chineses são tão ornados e complicados de desenhar, que se você resolve sentar num banco e escrever algo num papel comum, vai atrair uma multidão de curiosos apontando para você.


• A China é o país que mais consome energia no mundo. O problema é que o país usa o carvão mineral (altamente poluente) para gerar cerca de 70% de sua energia.


• As autoridades inseriram 171 novas expressões da cultura pop no idioma do país.

• Cerca de 31% das pessoas com idade acima de 16 anos se denominaram religiosos, quatro vezes mais do que há uma década. Eles acreditam muito na vida após a morte.


• Os chineses são muito supersticiosos. Os andares 4, 14 e 24 de muitos prédios não existem, porque o ideograma do 4 é parecido com o da morte. Celulares terminados em 4 ou com muitos 4 são bem mais baratos, e muito utilizados por estrangeiros.

• Homens que morrem solteiros comprometem a próxima vida. Por isso, os familiares tentam casá-los depois de mortos. Como? Enterrando ao lado do defunto uma mulher que acaba de falecer. Quanto mais precoce for a morte, melhor. O preço da noiva fantasma pode chegar a US$ 2.000.

• A polícia não tem armas. Aliás, ninguém carrega armas, e o crime praticamente não existe entre os civis. Também pudera, aquela clássica história do criminoso ser executado e a bala ser cobrada da família assusta qualquer um. A China é o país que mais executa prisioneiros no mundo.

• Após décadas do mais puro regime comunista, os chineses ignoram o que é privacidade. Bisbilhotar e tomar conta da vida alheia é quase obrigação, sendo muito comum xeretar conversa alheia ou olhar o cartão de ponto do colega para denunciar atrasos.


• Os chineses recusam gorjetas. Um viajante relatou que ao oferecer uma gorjeta a uma garçonete, ela empurrou a mão dele e saiu correndo, corada de vergonha. Quando você deixa a gorjeta na mesa, o funcionário corre atrás de você para devolver o dinheiro.

• Funcionários chineses riem da sua cara quando você reclama de algo.

• O território chinês abrange 4 fusos horários, mas o governo não quer nem saber, e todo o país adota a hora de Pequim. O que faz o sol nascer às 4 da manhã no leste do país, e no oeste, às 9 da manhã.

• Os lamas tibetanos estão desde o ano passado, proibidos de ressuscitar sem autorização do governo.

• A inovação mais recente que o governo quer implantar na legislação trabalhista são férias anuais de 15 dias. O salário de um operário é mais ou menos R$ 80,00/mês.


• Se você estiver numa mesa com chineses, jamais deixe os palitinhos fincados no arroz, pois isso representa desejar a morte das pessoas ali presentes. E também procure deixar comida no prato, pois um prato vazio para os chineses não significa que você gostou da comida, mas que o anfitrião foi ineficiente ao te servir.

• As transmissões de redes internacionais de TV apresentam 9 segundos de atraso. É o tempo suficiente para que o censor tire a rede do ar caso constate que a notícia é ofensiva aos interesses chineses.

• 77% dos chineses não sabe que a Aids pode ser evitada com o uso da camisinha.

• Ver filme erótico pode dar cadeia (se você for pego, claro). Gays também são perseguidos por lá. Anúncios, passeatas ou personagens gays na TV são proibidos.


Fontes: SuaPesquisa.com, Blog AIESEC, Brasil Escola e Papo de Homem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...