quinta-feira, 10 de julho de 2014

[Biologia] As cinco plantas extremamente venenosas encontradas no Brasil

Dá para citar pelo menos uma dezena de plantas mortais, com toxinas venenosas que podem matar quem entrar em contato com elas. Mas não dá para fazer um ranking incontestável das mais venenosas porque: 

1) O efeito da toxina varia muito de pessoa para pessoa - as vítimas mais resistentes podem ter apenas vômitos ou outras reações menos pesadas; as mais fracas podem morrer.

2) A quantidade de veneno capaz de causar problemas ao ser humano muda de planta para planta. 

3) Existem várias formas de contágio: comendo a planta, tendo contato pela pele e até cheirando o perfume que ela exala. 

Em uma reportagem da revista Mundo Estranho foi montada uma lista com cinco espécies superletais, encontradas em várias partes do mundo e também aqui no Brasil:


COMIGO-NINGUÉM-PODE (Dieffenbachia picta Schott)

POR QUE É TÓXICA: porque o caule e as folhas têm cristais de oxalato de cálcio, substância que provoca inflamações no corpo

EFEITOS: quando mastigada, a planta fere as mucosas da boca, faringe e cordas vocais. A inflamação causa inchaços que impedem a passagem do ar e podem levar à asfixia


JEQUIRITI (Abrus precatorius L.)

POR QUE É TÓXICA: porque tem sementes vermelhas com uma substância chamada abrina, que mata quando mastigada

EFEITOS: a abrina provoca a aglutinação das células vermelhas do sangue, formando coágulos e impedindo a circulação corpórea


PINHÃO-DE-PURGA (Jatropha curcas L.)

POR QUE É TÓXICA: porque contém ricina nas sementes

EFEITOS: causa aglutinação das hemáceas e dificuldade de circulação do sangue. A ingestão de quatro ou mais sementes de pinhão-de-purga pode causar a morte


MAMONA (Ricinus communis L.)

POR QUE É TÓXICA: porque a semente tem ricina, uma toxina letal quando ingerida

EFEITOS: assim como a abrina, a ricina causa coágulos sanguíneos. Há casos de morte de crianças que ingeriram uma única semente, e de adultos que comeram duas delas. Em casos menos graves, a toxina ocasiona queimação na garganta, vômitos intensos, taquicardia e diarréia


MANDIOCA-BRAVA (Manihot utilissima Pohl)

POR QUE É TÓXICA: suas raiz e suas folhas possuem linamarina, uma substância tóxica que pode matar quem comer a planta

EFEITOS: nas intoxicações mais pesadas, a linamarina causa asfixia e convulsões, que se não forem tratadas podem ser fatais


Fonte: 
Revista Mundo Estranho, Suzana Paquete   
Plantas Venenosas e Animais Peçonhentos, de Samuel Schvartsman

segunda-feira, 7 de julho de 2014

[Brinquedos] Os legos mais legais que já foram inventados

O sistema LEGO é um brinquedo cujo conceito se baseia em partes que se encaixam permitindo inúmeras combinações. Criado pelo dinamarquês Ole Kirk Kristiansen, é fabricado em escala industrial em plástico injetado desde meados da década de 1950, popularizando-se em todo o mundo desde então.

Foram selecionados alguns legos mais interessantes já produzidos para serem comercializados (ou em projeto):

1. The Simpsons House



2. Star Wars




3. 2001 Space Odyssey




4. Breaking Bad




5. Back To The Future




6. Futurama




7. The Big Bang Theory (projeto)




8. Avatar




9. Jurassic Park (projeto)




10. James Bond




terça-feira, 1 de julho de 2014

[Física] Ponto triplo de uma substância

Os três estados físicos da matéria  — sólido, líquido e gasoso — podem coexistir em equilíbrio num sistema, em certas condições de temperatura e pressão. O encontro destas três fases simultaneamente numa mesma substância ou solução recebe o nome de ponto triplo (ou ponto tríplice).

Gráfico do ponto triplo da água
[Fonte: Colégio WEB]  
Cada substância ou solução tem seu ponto triplo e para atingi-lo são necessárias condições muito específicas de pressão e temperatura. No caso das substâncias puras, o ponto triplo é uma propriedade física constante. A água, por exemplo, alcança seu ponto triplo a uma temperatura de 0,01 °C (que, na escala Kelvin corresponde a 273,16 graus) e pressão de 611 Pa, exatamente. Assim, quando submetida a tais condições, há uma coexistência equilibrada de gelo (sólido), água líquida e vapor d’água. Nenhuma combinação de pressão e temperatura diferente fará com que ocorra o ponto triplo da água.

Já o dióxido de carbono (CO2) chega ao seu ponto triplo sob temperatura de 56 °C abaixo de zero e pressão de 5,11 atm. Note que a pressão do ponto triplo do gás carbônico é maior que a pressão atmosférica (1 atm), por isso, esse gás sofre sublimação, ou seja, passa diretamente do estado sólido para o gasoso sob pressão ambiente, formando o conhecido gelo-seco.

O ponto triplo é uma propriedade muito importante de uma substância, pois representa o limite para a ocorrência da fase líquida, ou seja, marca a mínima pressão em que um líquido pode existir. Numa pressão menor que a do ponto triplo, nenhuma substância pura pode existir estavelmente na fase líquida, existindo somente o equilíbrio entre os estados sólido e gasoso.

A temperatura do ponto triplo da água é útil na definição da escala Kelvin (K), que é a escala termométrica recomendada pelo Sistema Internacional de Unidades (SI). Um Kelvin corresponde à fração de 1/273,16 da temperatura do ponto triplo da água. A pressão do ponto triplo da água foi aplicada como ponto de referência do nível do mar durante a missão Mariner 9 da Nasa, uma sonda espacial lançada para exploração do planeta Marte.

Você dificilmente verá isso na natureza, mas pode saber como isso acontece no vídeo abaixo. A parte mais impressionante acontece em 0:40 s. O vídeo foi enviado por Tom Enstone, estudante de física e astrofísica na Universidade de Manchester, Reino Unido. Ele está trabalhando com cicloexano, um composto orgânico formado por átomos de carbono e hidrogênio – não é água! Não é sempre que pessoas fora de um laboratório podem ver isso, pois é necessário usar uma bomba de vácuo e um kit de química para se chegar ao ponto triplo. Mas é incrível ver um fluido congelar e borbulhar e parecer líquido, tudo ao mesmo tempo.




Fonte do texto: Site Info Escola


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...